Número total de visualizações de página

domingo, 22 de dezembro de 2013

O Track

Provavelmente foi o último Sabadal de 2013 e não quizemos acabar o ano sem uma visita à pastelaria Diamente na Azambuja.
            Quatro Montis responderam à chamada, Victor, Emídio, Luís e Cadilha. Com saída marcada para as 9:00h partiriamos da sede provisória 3 Montis depois da respectiva espera de tolerância. Já na Quinta do Cochão recebi uma chamada do MontiLuís sabendo da nossa localização. Atrasado mas presente. Um compasso de espera na estrada nacional e depois a colagem. Os montis Victor e Emídio já íam um pouco à frente pois estava frio para paragens, mas o reagrupamento seria feito em plena ciclovia já perto de Vila Franca.
            O sol estava presente mas o frio também dizia sim, para o nosso benjamim MontiLuís é que não alinhava nesta coisa do frio, jersey de manga curta e calções no corpinho, sim senhor ganda manganão.
            Grande rolanço pelos trilhos como se fossemos a fazer os caminhos de Fátima, sempre com os campos, pantanais e lençóis de água à nossa direita e milhares de aves no horizonte. Algumas eram perfeitamente identificávies, garças, gaivotas cegonhas, flamingos e outras aves de arribação e não só mas que a nossa cultura MontiBiker não conseguia identificar.
            Chegámos à pastelaria Diamante um pouco depois das 10:30h e à nossa espera uma simpática menina que nos serviria um agradável pequeno almoço. Após uma mini sessão de fotos com a preciosa colaboração da menina “Diamante”, assim será pois ficamos sem saber o seu verdadeiro nome, os MontiBikers fizeram-se ao trilho para o regresso.
Regresso esse que fariamos pelo mesmo trajecto com a sempre animada travessia da passagem aérea da estação da CP da Azambuja. Fazer aquele zig-zaguear sem tirar os pés dos pedais é sempre um desafio para os Montis.
Parece que se está a tornar um hábito, um Monti a finalizar o Sabadal com alguma dificuldade provocado pelas câimbras marotas. Desta vez MontiVictor percorreu os últimos kms com alguma dificuldade, a partir de Alhandra as pernas atraiçoaram-no. Acabaria por levar como receituário – caminhadas 3x por semana de preferência depois do pequeno almoço.
MontiLuís ficaria no Sobralinho depois das despedidas, mais à frente os Montis Emídio e Cadilha seguiriam para a lavagem das “meninas” enquanto MontiVictor seguiria para casa.
Para o ano haverá certamente muitos e bons Sabadais esperando que com mais participantes.
Tenham uma Boas e Santas Festas com muuita animação e uma mesa farta.
Abraikes

MontiCadilha


Fotoreportagem de MontiVictor

O Filme




1 comentário:

  1. Olá amigos Montis, eu sei que fiz falta neste último passeio, mas asseguro desde já que não será o Último deste ano, pois estou a contar em ir no próximo Sabadal para estrear a nova câmara e as novas pastilhas. Será a estreia de mais um MontiRealizador. Já vi que o nosso amigo MontiCadilha leva consigo novamente os autocolantes Beija-Flor para os passeios, boa, assim é que é. Bem, não me vou alargar mais, um bom Natal a todos Os Montis e também ao nosso grande amigo Nautibiker Centeno, que pode estar a ver esta crónica em terras Chinesas.

    ResponderEliminar