Número total de visualizações de página

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

-----------------Domingo 13 Fev 2011--------------------

Passeio da descompressão



Os MontiResistentes, MontiVictor e MontiEmídio aproveitaram o domingo de manhã para treinarem a novata MontiEduarda com a sua nova MondrakerBike no sentido de gradualmente ir aumentado a sua capacidade física e psicológica que um MontiBiker tem de dominar.

Tivemos também mais uma companhia feminina, candidata a MontiSofia (podem aparecer mais candidatos/as a Monti____, para isso basta entrarem em contacto).

Foi um passeio agradável pela quinta do Cochão até ao Moinho de Maré, junto á antiga Argibay. Passamos por trilhos no Sobralinho e descemos até á zona ribeirinha de Alhandra, seguimos por ai até Vila Franca de Xira. Paramos na antiga fábrica do descasque do arroz (agora galeria dos graffitis) para recompor as energias e abrigarmo-nos um pouco do dilúvio que nos caia em cima desde Alverca.

Passamos pelo jardim de Vila Franca e seguimos até á rotunda da portagem, para a contornarmos e rodar até ao duche mais próximo (não é que fosse para nos molharmos mais, mas sim que no duche a água sempre é mais quentinha).

De salientar que a MontiEduarda e a candidata a MontiSofia tiveram um baptismo da cabeça aos pés, mas mesmo assim saíram do passeio com distinção.


Clik na imagem para ver mais



A higiene também é importante

video



Aproveito este espaço para colocar um vídeo sobre o trajecto Azambuja-Carregado, passando pelo lado do rio, em relação á linha do comboio. É um monólogo, pelo que é necessário um pouco de paciência para se ver, contudo mostra uma mais valia no troço Alverca-Azambuja em relação a se ir pelo alcatrão. As outras mais valias só quem por lá passa é que se pode aperceber (a natureza, a tranquilidade, a segurança, as aves em grandes quantidades...).


video

1 comentário:

  1. Parabéns aos grandes aventureiros, coragem não vos falta eu diria que belo baptismo Montinovatas.
    Só falta ganhar força nessas pernas.

    Está provado que o MontiVictor não tem vocação para lavador das MontiBikes, assim fica dispensado de tal tarefa. Peço desculpa desta dureza mas a Scottbike chegou à garagem a choramingar lama, e com saudades do MontiNando.

    A realização do filme do trajecto Azambuja penso estar uns furos abaixo das ultimas realizações, ou por falta de Monticompanhia ou falta de ginja, a câmara parece-me um pouco perdida.

    Abrikes

    ResponderEliminar