Número total de visualizações de página

segunda-feira, 17 de março de 2014

Dominical de 16 Março 2014

O Track

Mais um dia espectacular que o S.Pedro nos ofereceu.
Tudo começou pelas 8:20, na garagem um visitante surpresa, MontiArmando precisava de assistência na sua CannyonBike. Ar nos pneus e aperto nos encaixes dos pedais. Problema solucionado e às 8:30 já estavamos na sede ainda provisória. Não eramos os primeiros, esse lugar cabia aos novos elementos Montis, Nuno e ainda o mais novo dos novos, o Rui. Mas as surpresas não ficariam por aqui, MontiLuís que na véspera tinha dito que não pedalaria, já tinha feito 60km no sábado pela tarde, apareceu fresco que nem uma alface.
Estavam assim cinco MontiBikers preparadíssimos para um pedalanço Dominical e o repto foi lançado, Vamos aos Fortes? Em unanimidade - Vamos!
Com o “Boneco” como primeiro objectivo partimos, eram 8:45.
Na subida para a pedreira cruzamo-nos com um grupo de AlvercaBikers, possivelmente a fazerem o reconhecimento para o passeio de 11 de Maio. Não paramos, uma saudação e continuamos a subir. o descanso seria bem lá no alto. Depois foi descer até ao Trancoso para subirmos novamente, agora para o Forte do Cego.
Depois de sairmos de Trancoso tomamos um novo trilho por sugestão do MontiLuís, boa alternativa para atingirmos o Labirinto da Pedreira.
Chegamos ao Forte do Cego, um ponto nunca antes visitado pelos novos elementos Montis, a satisfação era bem visível e o cansaço também.
Com a bela manhã que estavamos a usufruir a vista sobre o vale de Arruda era espectacular, muito sol e zero de vento. Após uns minutos de descanso lançamo-nos para a subida ao Forte da Carvalha. Mais subidas e descidas fantásticas nos trilhos já secos e as silvas ameaçadoras a invadirem os trilhos.
Atingimos o Forte da Carvalha e MontiRui apresentava algum cansaço, mas as pernas ainda respondiam positivamente.
Depois da foto de grupo e do abastecimento, reenício do pedalanço. Destino, a descida do trilho para o Pardieiro.
MontiLuís estava danado para subir, e uma vez no alcatrão em vez de continuarmos a descer para a Calhandriz, nã venha lá mais uma subidita para o trilho.
Mas um pouco mais à frente já não continuamos com a subida, por sugestão de MontiArmando fariamos definitivamente o regresso pela Calhandriz para Alverca.
Já na estrada Nacional Alverca/Arruda as primeiras despedidas, os Montis Luís e Armando, os restantes continuariam até Alverca City.
Foi mais uma Grande Jornada MontiBiker, num dia com uma temperatura fantástica.
Abraikes e até para a semana


O Filme


Sem comentários:

Enviar um comentário