Número total de visualizações de página

domingo, 24 de novembro de 2013

Sabadal de 23 Novembro 2013 ída ao Forte da Carvalha

O Track 

Neste Sabadal três Montis responderam à chamada e um deles, MontiPaulo, foi a grande surpresa. MontiPaulo já não aparecia para um Sabadal desde o passeio de Almurol, ou seja desde a primavera.
O objectivo neste Sabadal era a continuação do reconhecimento dos Fortes de Linhas de Torres, sendo o próximo a visitar o Forte da Carvalha.
Para encurtar caminho optamos por subir o Cabeço da Rosa, seguindo por À do Mourão e daí o trilho até ao Forte.
Tudo bem, a subida para o Cabeço da Rosa sempre pela estrada nunca é uma tarefa fácil mas vencemos a etapa.
Depois de chegarmos ao ponto de retorno do último Sabadal, entramos no trilho e foi uma maravilha. No começo tivemos um pequeno engano, uma viragem à esquerda, com uma descida bem acentuada e no final desta acabava o trilho.
Voltamos para trás e retomamos o caminho certo e agora sim estavamos no trilho correcto. Mais uma descida valente até encontrarmos a estrada nacional. Bikes com muita lama e a respectiva limpeza antes de prosseguirmos.
Um pouco mais à frente nova entrada no trilho para iniciarmos a subida até ao forte. Após uma curva paramos para esperar pelo MontiVictor que estava um pouco atrasado, aproveitando para um abastecimento e tiragem de lama dos pneus. Entretanto Victor nem vê-lo. Voltamos atrás, nada, um telefonema e MontiVictor tinha entrado na estrada e já estava na subida do trilho do forte.
Voltamos a recuperar o trilho e fizemos a subida sempre em trilho até ao forte. Chegamos e lá estava o nosso Sénior a desfrutar as vistas.
Descanso e registo fotográfico dos Montis.
Após um breve estudo do mapa, descemos para rumarmos ao novo destino, Forte do Trancoso.
Um pouco mais à frente e novo engano, já estavamos em Adoseiros, voltamos para trás.
Seguimos pela estrada de Trancoso. Pensando que o caminho era sempre por estrada até perto do forte, tivemos novo engano. Perto da Ermida de S.Romão deveriamos tomar um trilho, não o fizemos e fomos parar mesmo a Trancoso. Dali podemos avistar bem lá no alto o Forte do Trancoso.
Paciência, os reconhecimentos são assim umas vezes corre tudo bem outras nem por isso.
Decidimos então regressar pela estrada a Alverca.
Foram perto de 40km com 723mt de subida acumulada e eram 12:45 quando chegamos à sede eternamente provisória. Chegamos bem e felizes por mais uma manhã de bom BTT, mesmo sem termos cumprido os objectivos e apesar do frio que a manhã apresentou.
Para a semana à mais assim o tempo o permita.
Abraikes e uma boa semana
MontiCadilha
As Fotos

O Filme



1 comentário:

  1. Boas, pessoal MontiBiker

    Aos poucos vejo que o projeto está a ganhar pernas, porém a coisa para se concretizar num passeio a serio com a malta amiga de outros grupos, terá de haver muito mais disponibilidade de outros Montis.
    Eu já manifestei a minha pouca disponibilidade, porém ajudarei dentro das minhas limitações.
    Gostaria de ver mais atividade da malta que manifestou o interesse nesta iniciativa, claro está que também dentro das suas próprias limitações. limitações essas que devem ser clarificadas por cada um, no intuito de que, quem se empenhar com mais dedicação, saber na realidade quem terá mais disponibilidade para ajudar na concretização deste projeto.

    Tenho dito
    Inté

    ResponderEliminar