Número total de visualizações de página

domingo, 24 de junho de 2012

Sabadal de 23 Junho 2012


     Mais um passeio de sabadal realizado por trilhos nunca antes pedalados.
Tendo sido definido  à partida que hoje iriamos para os lados de Trancoso, local nunca antes por nós visitado, MontiLuís foi nomeado o nosso MontiGuia.
     Partida pelas 8:05 com um primeiro destino... Sobralinho.
     Os três Montis iriam fazer 4 horas de pedalanço num total de 38km, com inúmeras subidas, sim porque o nosso benjamim só se sente bem a subir e os séniores que aguentem. Claro que depois vêm as abençoadas descidas, e nos entretantos as várias paragens onde os nossos olhos descansam desfrutando as belas paisagens.
     Depois do Sobralinho as bikes levaram-nos até ao Trancoso, subimos até à pedreira da Mota-Engil e lá bem no alto recuperamos as energias com a ajuda das nossas barras energéticas.
   Seguiram-se descidas e subidas por montes nunca visitados pelos MontiBikers com  trilhos onde as pedras marcavam presença.
    Depois de algumas voltas acabamos por apanhar estrada de alcatrão até Calhandriz, e Adanaia subindo por trilho até ao alto da pedreira da Cimpor. A descida até ao Sobralinho seria por um trilho bem diferente do habitual, MontiLuís deu-nos a conhecer uma outra alternativa.
   Já no Sobralinho seguimos até à estrada Alverca-Arruda onde nos despedimos do nosso guia deste sabadal, MontiLuís seguindo os Montis Victor e Cadilha até à garagem do nº4.
    Mais um belo Sabadal com uma boa temperatura e o habitual companheirismo dos MontiBikers.

    Abraikes
    e até ao próximo Domingo no Passeio do 1º Aniversário do Clube BTT APOGMA
Vamos lá ao filme deste sabadal



3 comentários:

  1. Já vi que foi mais um Sabadal bem passado...
    Com mais trilhos para eu conhecer um dia destes...
    Boa temperatura, bom tempo, bom convívio como a malta gosta...

    Inté dia 7 no noturno dos Tretas
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. As descidas não foram muitas, mas compensamos para a próxima, se as voltas fossem sempre iguais também não metiam piada.
    O que interessa é que descobrimos mais uns trilhos, para voltar um dia e talvez explorar mais ainda por aquelas bandas.

    ResponderEliminar
  3. Montis, este vídeo é uma beleza!
    O nosso MontiCadilha vai-se aprimorando e a atenção que põe nos pormenores já se descobre também no modo como se coloca dentro do grupo pedalante, ora perto da frente para apanhar o Luis a desbravar, ora em último da fila para registar imagens de conjunto. Esta reportagem está um mimo... e os alegretes que ele usa para sublinhar as descidas?!!!... e as palmas para o nosso "brinca n'areia"?
    Quanto ao passeio em si foi muito bom; foi a trilhar carreiros novos, com tempo ótimo e um encadeamento feliz de decisões perante a necessidade de escolher para onde avançar. E não é frequente ficarmos com a noção de que "neste caminho ninguém põe pé nem roda há anos"!
    Só faltou uma chinchada, foi pena! Da próxima vez será, ainda não está colhida toda a fruta, Montis ausentes!

    Abraikes para todos.
    MontiVictor

    ResponderEliminar