Número total de visualizações de página

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Isto já começa a ser um hábito

Hoje fui com a minha ScottBike à oficina do amigo António para eliminar um pseudo barulho vindo da roda de trás.
No Domingo, no nosso 1º passeio do ano, o amigo Nando dizia que possivelmente era o disco empenado, eu não tinha uma opinião, mas o barulho irritava-me um pouco.

O nosso mecânico "particular" o amigo António, analisando a máquina eliminou logo a hipótese de disco empenado. A roda rodava bem e nada de barulhos. Chamou-me foi logo a atenção para o pneu que estava um pouco em baixo. Foi buscar a bomba e toca a dar umas bombadas. Foram mesmo poucas porque o pneu começou a soprar, estava ali um furo. Assim que o António colocou a unha no furo deu um sopro valente e saltou um bocado de vidro. Meus caros foi graças à câmara de ar de gel que este amigo ainda fez o percurso até à Praça do Comércio esperar pelos amigos Nautibikers e fazer o regresso até Alverca.

Resumindo
A Bike foi comprada nos últimos dias do ano de 2009.

A 1ª vez que dei uma volta com ela foi no dia 1 de Janeiro de 2010, o passeio da praxe, ida ao Parque das Nações tomar um cafézinho na companhia do grupo do amigo António. Junto à Torre Vasco da Gama houve um alerta para possíveis vidros de garrafas partidas. Foi logo de seguida, a minha bike furou. Como tinha câmara de ar normal o pneu ficou logo em baixo. Sorte a minha o António estava mesmo à mão e solucionou logo o problema. Aconselhou-me então a colocar câmaras de ar com gel pois se o furo não for muito grande permite andar mais uns tempos sem vazar.

No dia 1 de Janeiro de 2011, passeio da praxe ida ao Parque das Nações tomar o pequeno almoço na companhia dos Nautibikers. Alertei os Montis Nando e Victor para os vidros das garrafas partidas que existiriam no chão. Junto ao pavilhão Atlântico pisei um fundo de uma garrafa partida, pensei logo já está, inspecionei a roda mas pareceu-me estar tudo bem. Realmente tive o furo só que desta vez consegui fazer o resto do percurso.
Esperemos que não se torne também da praxe ter um furo no 1º dia de cada ano e sempre provocado por um vidro de garrafa de espumante e se calhar do mais rasca. Em 2010 alertaram e só eu é que tive o furo, este ano fui eu que alertei e também só eu é que tive o furo, "ganda sorte".

Abraikes e boas pedaladas    

Sem comentários:

Enviar um comentário