Número total de visualizações de página

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Sabadal de 29 Setembro de 2012


Presentes para mais um sabadal 5 MontiBikers, Armando, Luis, Tiago, Victor e Cadilha. Programa previsto, um pedalanço suave, MontiArmando tinha no Domingo uma maratona bem puxadinha e o esforço tinha que ser doseado.
            Salinas percorridas, onde nos cruzamos com o primeiro grupo de companheiros do pedal, entramos nos terrenos das quintas de Vialonga, Alpriate e Granja.
            A novidade deste sabadal para a maioria dos presentes foi percorrer o vale perto de Unhos onde fizemos o regresso com a intenção de irmos à ginginha da D. Laurinha.
            Como o pedalanço estava com bom ritmo, o relógio só marcava 10:00h, houve a sugestão de se fazer uma subidita. O destino proposto foi Mata do Paraíso, não estavamos longe e ficava a caminho do regresso a Alverca.
            No Zambujal uma paragem junto ao bebedouro para o respectivo abastecimento e alguma cavaqueira, depois a subida para o nosso muito agradável “labirinto” da Mata do Paraíso.
            Antes de iniciarmos a descida pelo labirinto, decidiu-se que hoje não fariamos a visita à D.Laurinda, que nos obrigaria a andar em sentido contrário de casa, ficando assim adiada a prova da ginginha.
            Descida feita. Uma pequena paragem antes de regressarmos ao alcatrão no Quintanilho e um encontro com dois companheiros do Armando. Descida então ao Quintanilho e entrada nos trilhos dos caminhos de Fátima. Na passagem por um dos caniços aí existentes, o guiador da bike do MontiArmando prendeu-se numa cana obrigando-o a sair disparado do trilho mas sem cair, portanto não “beijou a flôr”. Um companheiro que pedalava solitário juntou-se aqui ao grupo.
Pedalanço retomado. Na estrada dos caniços surgiu a dúvida ir pelas salinas ou pela central de cervejas e a decisão foi a última pois ficava já na direcção do Bom Sucesso e Sobralinho destino de alguns dos pedalantes.
Logo a seguir ao viaduto da autoestrada o nosso companheiro solitário saíu do alcatrão e entrou no trilho, os Montis seguiram em frente. Mas nem todos, MontiVictor que vinha um pouco mais atrasado não se apercebeu desta separação e o seus olhinhos só viram o solitário a subir pelo trilho. Como o nosso sénior é um grande amante de uma boa subida foi atrás do solitário.
Em frente à central de cervejas demos por falta do nosso bem amado companheiro. Paragem efectuada e esperamos. Mas nada, como MontiVictor não dava sinais, os Montis Armando e Tiago foram investigar. Alguns momentos depois decidi telefonar ao nosso perdido mas sem sucesso. Bom decidimos regressar na esperança de que o nosso bom amigo já tivesse dado pelo desencontro e regressado a Alverca. Toca o meu télélé, MontiVictor está no Forte da Casa e ficou combinado encontrarmo-nos na garagem.
Depois deste pequeno precalço lá continuamos fazendo as despedidas na rotunda do alambique. MontiArmando e MontiTiago para o Bom Sucesso, MontiLuís seguiria para o Sobralinho.
Eu, agora solitário a caminho da garagem do nº4 onde já na companhia de MontiVictor fariamos os nossos habituais alongamentos.
Passava pouco do meio dia depois de percorridos cerca de 33km, com um tempo e temperatura formidável para a prática deste nosso belo desporto.
Para a semana o muito esperado passeio organizado pelos nossos amigos BTTretas, entre as barragens de Montargil e Maranhão.
Até lá Abraikes e uma boa semana de trabalho.  
O filme 


5 comentários:

  1. Boas,um bom sabadal para aquecer as pernas para o VI Raid TNT-BTT.
    Aqui estão os tempos do VI Raid TNT-BTT
    http://inscricoes.apedalar.com/provas/tempos/26/45km
    Para a dureza da prova, pelo que já me disseram 1100m de acumulado e as condições da bike (isto é as faltas de condições que a bike apresenta, falta de suspensão e falta do prato pequeno da pedaleira, essencial para as subidas) entre 166 participantes que concluíram a prova, e uns quantos que desistiram ficar em quinquagésimo sexto não é nada mau!

    ResponderEliminar
  2. Boa jornada MontiBiker...

    Com alguma animação á mistura...
    Flores... nem velas, pois já estamos no Outono... porquê tentar beijá-las???
    Esqueceram-se de apoiar o nosso senior??? imperdoável...
    Perderam-no de vista... é pás... pás... pás
    Isso não pode voltar a acontecer... eh eh...
    Saúde e animação para o entre-barragens...
    Espero que não se tenham esquecido de um bom restaurante para o repasto do nosso ex-benjamim, MontiNando... é que o rapaz alimenta-se bem... eh eh... ups

    Inté

    ResponderEliminar
  3. O Outono tem um encanto especial, é uma estação equilibrada e luminosa! Também foi assim o nosso sabadal. E diz o MontiArmando que, apesar das inferioridades técnicas que a crise não deixa resolver, foi muito equilibrada a sua participação naquele raid dos TNT-BTT. Pudera, com a preparação, cientificamente orientada, do sabadal...
    Faço votos para que os Montibikers que vão ao Entrebarragens, para além de comerem bem, como sugere o MontiEmídio, venham com o papinho cheio de bom convívio e os músculos em fogo de tanto pedalar!

    Abraikes para todos.

    PS - eu não pedalo no sábado mas tenciono mexer-me um pouco no domingo. Para isso estarei na sede cor-de-rosa às 08:30.

    Boa semana para todos.


    ResponderEliminar
  4. Boas,
    Pedalanço suave? li bem? é que foram 40kms com umas subiditas +/- para quem só tem o prato grande da pedaleira a funcionar!
    A verdade é que não senti qualquer dificuldade, no percurso que fizemos, deu para avaliar o que posso e não posso fazer com a bike neste estado.
    Voltas destas é sem problemas.
    Já tudo foi dito sobre a volta, mas vou só reforçar, que o despiste do Armando foi muito bom! só faltou mesmo o malho eheh.
    Armando essa posição no estado em que tens a bike equivale ao primeiro lugar!

    Cumps.



    ResponderEliminar
  5. Grande Armando,
    essa posição foi grandiosa, com a bike nesse estado foi sempre a malhar.
    Parabéns
    O treino MontiBiker também teve a sua quota parte no sucesso.
    Abraikes

    ResponderEliminar