Número total de visualizações de página

domingo, 19 de junho de 2011

Passeio de Montemor-o-Novo 19-06-2011






Hoje fizemos uma deslocação a terras do grande Alentejo, mais propriamente a Montemor-o-Novo, onde nos foi proporcionado um bom passeio, sem grandes elevações. O passeio ideal para rolar, tipo treino.
Tudo começou com a reunião dos Montibikers, por volta das 6h50 da manhã no prédio nº4, tudo presente a horas e sem atrasos, definidas na reunião extraordinária efectuada na nossa sede definitivamente provisória no dia anterior. A viagem até ao café em Vendas Novas foi feita com calma e teve assuntos cómicos para tirar a cara de sono a todos, uma coisa que chamei a atenção dos intervenientes foi o de ter levado comigo a nossa ferramenta a nível informático que eu disponibilizo ao nosso grupo daqui para a frente (O Piriri), para que se possa iniciar no próprio dia a mensagem para o Blog. Depois disso continuámos a nossa jornada até a Montemor-o-Novo, local de destino para o passeio. Quando chegámos desmontámos as Bikes do carro, mais o material que levaríamos para o dito passeio e entrámos em contacto via telemóvel com os nossos amigos Nautibikers, visto que já estariam no local. Depois de levantarmos os dorsais, fomos posicionarmos junto da partida, onde se começou a efectuar a ligação dos aparelhos de GPS, uns para gravar e outro para seguir o trajecto facultado pela a organização. Para meu espanto, o meu logo hoje não estava a funcionar nas devidas condições, fiquei com receio, que mesmo assim como estava não efectuasse a gravação.
Junto com os nossos camaradas Nautibikers lá iniciámos o passeio depois de dada a partida, ao fim de poucos Kms o Rogériobiker estava com dificuldades em seguir o ritmo da maior parte de nós, mas como bom samaritano que sou comecei a ficar para trás para seguir com ele, mais o MontiFélix e o MontiCadilha, para que não se sentisse sozinho e desamparado, não fomos os únicos pois o Paulobiker do grupo dele ao apercebesse da situação foi para junto de nós.
Fomos pelo antigo caminho da linha férrea, agora alterado para um passeio pedonal fantástico. O Rogériobiker e o Paulobiker ao aperceberem-se que estavam a fazer com que nos atrasássemos disseram que podíamos continuar o caminho que eles mais tarde lá chegariam.
O trilho tinha bastantes descidas e algumas elevações não muito acentuadas o que tornava o passeio bom para rolar, houve caminhos em que havia bastante areia como no passeio de Vendas Novas e alguns com muitas pedras soltas no caminho, tanto uma como outra situação era propícia a haver quedas.
O primeiro ponto de abastecimento deu para nos abastecermos devidamente, eu não parava de comer a bela da laranjinha nacional, e como sabem o que é nacional é bastante bom, ainda deu para tirarmos uma fotografia de grupo. Fomos avisados por um membro da organização que lá se encontrava, que iríamos ter umas subidas valentes e umas descidas perigosas.
Depois de alguns Kms viria a surgir outro ponto de abastecimento onde nos esperavam três moças bem animadas, visto que tinham música ambiente vinda do carro, tipo arraial. Deu para o nosso MontiCadilha dar uns passos de dança tirar uma fotografia de grupo com elas e houve um momento de queda dum biker que chegou na altura que estávamos a tirar a fotografia, por azar o nosso MontiEmídio tinha desligado a câmara poucos momentos antes.
Já perto do final, o momento do dia, a minha queda quando estava a iniciar o andamento num trilho apertado e com imensa vegetação à volta. O nosso MontiCadilha como bom câmaraman que é estava no sítio certo e à hora certa para gravar este momento que ficará registado para sempre no nosso Blog.
Para mim este passeio podia-se chamar o passeio das aranhas, devido ao facto de haver imensas teias de aranha no percurso todo e que vinham embater na minha cara constantemente.
A chegada ao final do passeio, foi novamente feita na presença de todos os Montibikers a cortar a linha da meta, à nossa frente já descansavam os restantes membros dos Nautibikers que tinham chegado à já algum tempo. Enquanto estive parado fui ver se o GPS afinal tinha ou não gravado o percurso e para meu espanto, lá se encontrava gravado na memória, bem ao menos foi uma boa notícia.
Tivemos a confraternizar e a fazer alguns alongamentos antes de irmos arrumar as bikes, depois disso fomos tomar o merecido banho nas instalações da organização, e ai sim estivemos à espera do nosso anfitrião Rogériobiker e mais o Paulobiker, porque era ele que tinha a preciosa informação da casa de repasto para o nosso almoço.
O Restaurante para onde nos deslocámos tinha como nome "Ao Pôr-do-Sol", lá já nos esperava uma recepção com duas mesas de boas entradas, além de nós estavam também convidados um grupo de amigos bikers do Rogériobiker. Foi um grande momento de confraternização, pensámos ainda utilizar O PIRIRI para visualizar os vídeos feitos, mas para nosso desalento O PIRIRI é uma máquina que não aguenta com os filmes em HD da câmara do MontiCadilha. Irá servir para outras coisas mais leves, tenho confiança que sim. O almoço servido estava delicioso, tinha um bom atendimento por parte do pessoal do restaurante e a companhia era fabulosa. Pena tenho que o resto dos Montis não se encontravam presentes, quiçá numa próxima aventura teremos o grupo todo reunido, ainda não se concretizou esse desejo, mas eu tenho fé nisso.
No final as despedidas do costume, já com saudade de uma próxima reunião de bons amigos, o regresso foi feito já cansados, mas ainda deu para pegar no PIRIRI e tomar conhecimento como se fazia para escrever no Blog, como estou a fazer neste momento. Ainda consegui escrever algumas palavras no caminho, mas o cansaço já era grande para tal.
Espero que a minha narrativa não tenha sido muito maçadora, mas como sabem é a minha estreia a escrever no nosso Blog.
Um enorme ABRAIKE a todos.

3 comentários:

  1. Parabéns MontiNando,

    Vai lá vai....
    Estás um pouco em atraso, mas não necessitas de por a escrita toda em dia... todo um acumulado de pressões, expostas numa MontiReportagem....
    Ao ver este teu MontiArtigo, apesar de o considerar que para começo, ultrapassa as expectativas, fico um pouco com a dúvida, se, como no caso do nosso sénior, não te terás cansado demais com este artigo e no futuro próximo não te apeteça escrever mais artigos...
    Espero que não, tenho fé que com este artigo, tenhas ficado com o bichinho das MontiReportagens...lol lol
    Agora que tens o MontiTiriri tudo se torna mais fácil eh eh eh!!!!!
    Vai lá vai...tens todo um potencial para explorares...sempre a subir....eh eh eh lol lol

    Abraikes

    ResponderEliminar
  2. MontiNando...MontiNando,

    Cum Caneco, o nosso Benjamim fez serão.
    Cama nicles, foi a santa noite agarrado ao Tiriri.
    MontiVictor atenção que a concorrência é forte.
    MontiEmidio se calhar temos que comprar um Tiriri mais maior grande... o que achas?!?!

    Estamos na Maior

    Abraikes

    ResponderEliminar
  3. Boa noite. Só agora dei aqui com o vosso cantinho... Resta-me convidar-vos para outra incursão por terras alentejanas! Na companhia dos RidersTT, http://riderstt.blogspot.com/
    Serão sempre bem vindos com a vossa boa disposição. Fico contente por terem gostado ja que eu é que fiz o convite ao Rogério!
    Os melhores cumprimentos a todos
    Duarte

    ResponderEliminar