Número total de visualizações de página

domingo, 14 de setembro de 2014

Um passeio em Lisboa 14-09-2014


Um Passeio em Lisboa

Olá Montis,
Hoje levantei-me cedo e fui dar uma volta por Lisboa, o tempo estava espectacular para uma volta sem calor e sem stress.
Peguei na bicicleta, pus em cima do carro e lá fui eu até à Expo. Estacionei o carro num bom lugar, pois cheguei por volta das 8h00 e ainda não se via ninguém nas ruas (que maravilha).
Após todo o equipamento pronto, rumei até ao princípio da ciclovia, que não é propriamente na Expo mas sim nos Olivais, passei pelo belo Vale do Silêncio, fui pelo princípio da feira do relógio, chelas e rotunda do relógio, a seguir continuei pela Av. do Brasil até ao Hospital Julio de Matos, aí há uma via para ir para a Alta de Lisboa, conturnando o muro do Hospital, que tem uns graffitis muito bonitos para serem contemplados.
Quando cheguei ao inicio da subida para a Alta de Lisboa a ciclovia acabava ali, e tinha um sinal de proibição para a circulação de bicicletas, vai daí voltei novamente para a Av. do Brasil e rumar ao Campo grande. De seguida passei pelas traseiras da Torre do Tombo, por dentro do campo da Universidade até ao viaduto que faz a passagem para Telheiras. Passei por Carnide e segui por Benfica até à entrada de Monsanto, depois segui paralelo à Radial de Benfica até Sete Rios. Subi um parque que dá ao pé do Estabelecimento Prisional de Lisboa, nesse parque ainda parei no quiosque que se encontrava ali, para um merecido café, continuei até alcançar por fim o cimo do Parque Eduardo VII. Tem uma vista para a cidade e o rio deslumbrante, hoje a bandeira Portuguesa não estava hasteada (como já tinhamos uma vez tirado uma foto com um Nautibiker).
Desci até à Av. da Liberdade, onde encontrei uma feirinha de vários produtos que eu já conheço e ainda deu para ficar com o contacto de um vendedor que tinha uns discos que eu ando à procura. Continuei a descer pela a Avenida até aos Restauradores, onde virei para as Porta de Santo Antão e ir beber uma merecida Ginjinha, segui pelo Rossio até à Rua Augusta, onde deparei no final dela com uma criação artistica na fachada do Museu do Designe e da Moda, eram simplesmente pranchas de Surf penduradas. Queria ter filmado mas a câmara mais uma vez ficou sem bateria.
Dei uma volta pelas arcadas da Praça do Comércio e depois comecei o regresso até à Expo pela zona ribeirinha, nisto cheguei ao carro por volta das 11h30. Foi um passeio agradável e de repetir de certeza novamente mas com outros contornos (nocturno).
Espero que tenham gostado deste relato, até ao próximo passeio
Abraikes a todos

Aqui fica o vídeo

https://www.youtube.com/watch?v=3G0tlcTcDNg&feature=youtu.be

2 comentários:

  1. Finalmente a primeira grande realização do nosso companheiro MontiNando. Pena é que tenha sido uma filmagem a solo. No entanto está de parabéns, para além de filmar ainda teve oportunidade de comentar, um verdadeiro profissional da TV.
    Nando agora isso quer continuação e principalmente impoe-se a comprar de uma bateria adicional.
    Abraikes

    ResponderEliminar
  2. Bela passeata.....essa entrada pra Monsanto não conhecia...E eu que nesse dia até estava livre gggrrrrrrrrrrrrr
    Abraikes
    A F

    ResponderEliminar