Número total de visualizações de página

domingo, 25 de março de 2012

Com os Bttretas e amigos nos trilhos do Alviela 24 de Março de 2012

      Mais uma grande organização Bttreta, desta vez foi pelos trilhos do Alviela.
Nesta aventura só dois Montis participaram, MontiNando e MontiCadilha, a participação de  MontiEmidio teve que ser anulada devido a um mau jeito na coluna mas já se encontra em rápidas melhoras. Jorgebiker dos Nautibikers que também esteve para participar não lhe foi possível acompanhar-nos ficando para uma próxima oportunidade.
      Este vosso companheiro saiu da garagem do nº4 às 7:10 e já na rotunda do Jumbo serviu de cicerone ao autocarro que acabava de chegar. Maior pontualidade não podia ter. Nando mais um outro companheiro, Paulo Oliveira também tinham acabado de chegar.
      Depois das saudações e bikes metidas no autocarro partimos rumo a Santarém, estação da CP, ponto de partida da nossa aventura. Participantes, Bttretas, Btt de Lourel, Porquinhos da Ilda, Bicicletando,  Rota da Bola de Berlim, MontiBikers e mais alguns companheiros num total de aproximadamente 35 Bettistas.
     Chegada a Santarém, depois de bikes operacionais rumamos cervejaria Lisbela mesmo em frente à estação, para o café matinal. Foto de grupo junto aos caminhos de ferro e partida por volta das 9:10h.
Clica na foto
 Os primeiros kms seriam por estrada de alcatrão com os bravos do pelotão sempre em fila indiana, seguindo as instruções da organização. Já nos trilhos viriam as subidas com alguma dificuldade mas sempre apetecíveis.
     Ninguém ficava para trás, o reagrupamento era feito e só depois os “bravos” lançavam-se para as descidas.
Belas paisagens foram desfrutadas acompanhadas por fotos e filmes da praxe. 
      A chegada aos Olhos de Água seria por volta das 11:40h com o grupo a fazer uma boa média nos trinta e poucos kms percorridos e atendendo às paragens efectuadas. Foi dada uma hora para o almoço, seguindo-se um ataque implacável à botelha de cevada e bifanas. Houve quem levasse sandes e ainda quem se lançasse no prato do dia. MontiNando não perdoou, sendo o único na carne de porco à Alentejana acabando por ser servido primeiro que os que optaram pelas bifanas.
     Depois de momentos de descanso com visitas pelo belo espaço de lazer e as respectivas fotos de grupo foi dada a partida de regresso, fazendo o grupo uma passagem pela nascente do Alviela.
     E para o recomeço nada melhor que um “empenozinho”, muito bom, e já no alto veio uma bela paisagem seguindo-se uma descida como um bttista aprecia.
    Neste regresso fariamos algumas passagens pelo Alviela, num dos trilhos ladeamos  durante alguns minutos o rio desfrutando da bela paisagem. Seria num destes troços que a chuva nos faria uma visita. Nada de especial mas que mesmo assim o impremeável acabou por ser utilizado.
     Neste regresso verificaram-se alguns furos, corrente partida, pequenas quedas mas nada sem gravidade, a entreajuda foi notável.
    A foz do Alviela foi alcançado. O acontecimento ficou registado com a respectiva foto de grupo em pleno leito do rio. Até ao final da etapa faltavam sómente apenas alguns kms de trilho e um deslizar pelo alcatrão pela ribeira de Santarém. Aqui houve um alongar do pelotão, até parecia que estavam a começar o passeio, com vários sprinters a lançarem-se em fuga.
     Chegada por volta das 17:30 com 75kms percorridos com muita alegria e satisfação na companhia de tão belo grupo. Ainda antes de se guardar as bikes fez-se uma incursão na cervejaria Lisbela para um último repasto de sandes sumos de cavada e outras iguarias.
Clica na foto


     Depois de guardadas as “meninas” no autocarro regressamos a Alverca onde chegamos por volta das 18:30. O resto da comitiva seguiu viagem até Sintra, depois das despedidas.
      Foi mais uma jornada com o selo Bttretas, onde a qualidade dos passeios está garantida à partida e a boa companhia de 6 estrelas é amplamente comprovada por todos os participantes.
Em nome dos MontiBikers fica aqui registado o nosso agradecimento especial aos Bttretas, muito e muito obrigado pelos belos momentos que nos proporcionam, e uma saudação calorosa aos restantes participantes.
     Um grande abraço e até uma próxima aventura.

3 comentários:

  1. Ora viva! Mais uma bela reportagem e uma esclarecedora crónica do MontiCadilha. Deu para ver que quem não pôde ir só pode é lamentar não ter participado! Mesmo sem sol os 75 km devem ter sabido muito bem! Abençoadas organizações BTTretas! A ver se consigo estar no Entre-Barragens!
    Viram o MontiNando a banquetear-se com suculentos reforços? Espero que tanto apetite se tenha canalizado para a habitual energia pedalística que ele costuma exibir! E as gargalhadas do Pedro PP? Insubstituíveis!
    E o pardalito a dar um ar da sua graça para o reporter Cadilha? Bem apanhado!
    Parabéns aos felizes participantes e a quem organizou.
    Abraikes para todos.

    ResponderEliminar
  2. Amigo Cadilha, mto obg pela companhia e filmes, até uma próxima oportunidade q esperamos seja para breve.

    João Ferreira
    Bicicletando sempre

    ResponderEliminar
  3. Aos amigos do pedal,
    É nestas pequenas reportagens com fotos e vídeos a ilustrarem, que se verifica que cada vez há mais companheirismo e intercâmbio de amizade e conhecimento, tendo como base a prática saudável do BTT.
    Pena minha, não ter participado devido a problemas de saúde, pois sempre seria mais um para animar a malta...
    Vai daqui um grande abraço aos BTTretas pelo empenho na organização deste evento, sabendo de antemão que tiveram de fazer vários reconhecimentos, para que não houvessem imprevistos indesejáveis.
    Não posso deixar de manifestar a minha satisfação ao ver as cronicas dos vários grupos participantes, sendo que vai daqui o meu "bem-haja" para essa malta que além de pedalar e conviver, ainda se disponibiliza a tornar imortal tamanhos eventos em que participam.

    Inté

    ResponderEliminar