Número total de visualizações de página

sábado, 30 de julho de 2011

Passeio de 30 de Julho 2011 (Alverca-Póvoa de Santa Íria)



Filmes


Caros amigos Montibikers e amigos participantes, este foi um dia especial para nós visto que tivemos um número de bikers no passeio (8) superior ao habitual. O programa de hoje era para ser iniciado pelas 7H30 na nossa definitiva sede provisória, mas como havia a surpresa de novos participantes tivemos que esperar pela sua chegada. Durante esse tempo de espera alguns tomaram o seu cafezito matinal.
Após estarmos todos reunidos e feitas as apresentações, demos início ao passeio que no pensamento de alguns era para ser soft (MontiEmídio, MontiCadilha) pois estavam em pré-férias e não queriam ficar moídos para início das mesmas, mas tal não se viria revelar pois a maioria do pessoal quer é Montes e como era um grupo grande podia ser monótono.
Os primeiros 17 Kms foram em terreno plano para o aquecimento dos músculos, onde fizemos a passagem pelas salinas; Póvoa de Santa Íria; Alpriate; Granja e Santo Antão do Tojal, aqui fizemos uma pausa para a foto de grupo e pequeno almoço prometido pelo MontiEmídio em relação ao seu aniversário no passado dia 28 deste mês. Eu como não tinha fome tomei e brindei à saúde do nosso Montianiversariante com a famosa ginja sem elas. A seguir iríamos retomar o caminho desta vez para os Montes, já que toda a gente estava preparada com os músculos quentes e barriga cheia, é claro que o nosso MontiFaneca e o meu amigo Frederico tiveram mais dificuldade. O Faneca por não aguentar as subidas mais íngremes e o Frederico por não estar habituado a andar mais vezes de bicicleta. A surpresa foi o amigo do Faneca (o Capitão, sim é mesmo o nome dele) que mostrava bom desempenho físico para estas andanças, lembrou-me o nosso amigo Nautibiker Rui Centeno, sempre com grande robustez para subir os Montes (já sinto algumas saudades da sua companhia no meio de nós, um grande abraço para ele, se tiver a oportunidade de ler esta crónica).
A subida até à sub-estação da E.D.P. foi um pouco penosa mas nada que não se transpusesse, houve sítios que me lembraram os caminhos em Sintra feito por nós aquando da nossa única aventura por lá, em que tinham alguma abundância de vegetação.
Sobe a sub-estação tivemos uma vista panorâmica com algum nevoeiro rodeando os enormes Geradores Eólicos e algum frio sentido por alguns de nós (talvez aqueles que suaram mais a subir).
Após a pequena pausa para desfrutar da paisagem e ingerir algum alimento e água (o meu amigo Frederico como não está habituado a este regime não trouxe esses elementos com ele), começámos a descer até ao Freixial onde numa das descidas com carácter de dificuldade, o nosso MontiVitor teve uma pequena queda, mas como recorreu à sua técnica militar do enrolamento não sofreu nenhuma mazela (será que o nosso MontiCadilha conseguiu filmar tal acontecimento, veremos).
Antes de chegarmos a Bucelas para degustar a bela laranjinha do mini mercado, o MontiFaneca teve um problema mecânico com a Méridabike que só demos conta quando parámos à espera dele e observámos que vinha com a bike à mão, prontamente alguns de nós foram ajudar a resolver o sucedido. No mini mercado as laranjinhas já estavam à espera daqueles que foram no auxilio do MontiFaneca, eram deliciosas e muito sumarentas.
A seguir como havia alguma intenção de chegar cedo ao final do passeio, seguimos pela estrada nacional até ao desvio para o Casal das areias, em que seria o último trilho em terreno para BTT. Depois quando chegámos à entrada da Confersan parámos para nos despedirmos uns dos outros, visto que tínhamos de seguir diferentes direcções para casa, alguns foram para Alverca, eu, o Frederico e o MontiFélix rumámos à Póvoa de Santa Íria onde terminaríamos mais um belo passeio à Montibikers.
Um grande ABRAIKE a todos e espero que volte a haver mais passeios como este, em que o número de participantes seja igual ou superior.

3 comentários:

  1. Olá Montis!
    Com que então todos contentes por terem reunido 8 bikers num passeio!!!
    Sem dúvida que é muito bom alargar o convívio e poder aproveitar a experiência de outros sem, claro, renegar a nossa! E foi o que se viu: aproveitámos e aproveitaram! Assim uma saudação especial ao MontiNando e ao MontiFaneca por trazerem a pedalar connosco o Frederico e o Capitão. E vivam as subidas e descidas novas que percorremos!
    Abraikes para todos!
    Victor

    ResponderEliminar
  2. Montibikers e seus amigos,

    Este passeio foi o mais participativo, seja com passeantes do novo equipamento, seja como grupo total, onde incluo os nossos ilustres convidados (um Capitão a comandar o pelotão) e (um Lanterna Vermelha a fechar o pelotão, de seu nome Frederico) que com mais uns treinos e principalmente com o que lhe fez muita falta (as barritas e os sumos energéticos) tem potencialidades de bttista.
    Ouvi comentar que um nosso amigo, entendido na matéria de flora, andou a Beijar-as-Flores,contudo como não cheguei a perguntar,fiquei sem saber que tipo de flores foi mais comum apreciarmos, ao passarmos por paisagens tão bonitas,em que as mesmas fazem parte integrante dos nossos MontiPasseios.

    Apesar de nestas próximas semanas haver menos MontiParticipantes, em passeios de grupo, cada um à sua maneira deverá continuar a treinar, de modos que em Setembro não haja por ai uns "Linguas-de-Fora", quando começarem a subir montes..eh eh..

    MontiAbraikes
    Inté...

    ResponderEliminar
  3. MontiBikers,

    Aqui está uma MontiReportagem de grande qualidade.
    Esta malta cada vez está mais refinada.
    Os passeios sempre a melhorar, o número de participantes a aumentar, os km percorridos com mais subidas que descidas sempre a crescerem, bom eu não sei aonde é que isto vai parar.
    O que eu tenho a certeza é que o grupo é simplesmente Mui MontiBiker
    Pessoal um grande Abraike e como diz o MontiEmidio não parem nas férias, eu por mim penso fazer uns bons km.
    MontiNando parabéns pela MontiCrónica.

    ResponderEliminar