Número total de visualizações de página

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Dominical de 18 Novembro - A Rota de Frielas

Clica na foto e terás o track anteriormente feito pelo nosso MontiNando

Não houve Sabadal devido à chuva mas no domingo dois Montis responderam ao apelo para um Dominical. Victor e Cadilha às 8:30 estavam no ponto de encontro para saborearem o sol primaveril e também para levarem com o ventinho, que não era pouco.
Foram 40km de pedalanço sempre a rolar, num passeio calmo e com muita cavaqueira. O trilho escolhido foi a planície, uma ída até Frielas, trilho já conhecido de quase todos os Montis. Este trilho ficou baptizado pelo nosso MontiVictor como “A Rota de Frielas”.
Um percurso mesmo à medida quando se quer um passeio calmo, breve, com muitto rolanço e por trilhos práticamente sempre planos.
Como nos dias anteriores a chuva abundou, nalgumas zonas a lama abundava como era de calcular e no trilho de Frielas tivemos de optar pelo alcatrão porque o trilho estava impróprio para o BTT, muito lamacento e grandes lençois de água.
Depois de 40km chegavamos à garagem do nº 4 por volta das 11:10h e com muita satisfação por mais um dia de BTT, pena é que os MontiRestantes estejam um pouco ausentes dos Sabadais.
Esperemos que para o próximo haja mais presenças. Hoje não à filme mas uma foto a marcar o dia nunca falta.
Abraikes 

4 comentários:

  1. Olá leitor de comentários!

    Se gostas de ler, também deverias participar e escrever os teus.

    Os MontiBikers agradeceriam, assim como os leitores de ocasião.

    ResponderEliminar
  2. Boa, o anónimo tem razão, todinha!!!!
    Por isso eu faço o meu comentário! Pessoal, tendes de descobrir as doçuras deste invernal outono, que nos brindou com chuvinha da boa mas permite continuar a meter as rodas no campo (bem, só nalguns sítios...) sem se malhar na lama cada dez metros. E nós temos tido uma chuva sempre muito amigável! Excepto no Algarve, claro. Mas aí já aparecem outras condições, fruto do turismo, do contacto com outras culturas: já vamos tendo uns tornados e até fazem estragos que já se cifram em milhões de euros. Notável! Bem, desculpem-me a parvoíce. Silves e Lagoa não acham graça a conversa fiada deste estilo, portanto "calla te".
    MontiCadilha, cá está uma crónica sucinta, informativa e reveladora do coração BTTista que bate naqueles dois bravos Montis. São um exemplo para os seus companheiros e já merecem a Canyon que o euromilhões teima em recusar-nos. Mas havemos de a ter, registem lá.
    Montistodos, abraikes para vocês.
    MontiEmídio, votos de rápida recuperação.

    ResponderEliminar
  3. Boa, o anonimo chama a atenção de que os comentários são um complemento de animação ás MontiCrónicas...
    Penso eu de que...
    Arredado á umas semaninhas deste blog, pois aqui estou eu (a escrever em pé), para escrever também umas palavrinhas para os leitores de comentários poderem ler,divertirem-se e até ganharem coragem para também escreverem qualquer coisinha...
    Estes MontiSéniores continuam como sempre a dar o exemplo á malta mais nova...
    A praticar desporto...
    A divertirem-se...
    A divulgar as suas aventuras...
    Vamos Montis, estes seniores, precisam de malta nova para puxar por eles, pois quando andam sós não saem da planície, e não desfrutam das paisagem magnificas dos topos destas belas serras que nos circundam... eh eh, ups

    Inté

    ResponderEliminar
  4. Pois é, os séniores andam na planície mas andam, os outros refugiam-se nos lençois.
    Mas nem sempre é na planície, tudo depende das condições climatéricas e por vezes da disponibilidade de tempo porque por vezes os séniores têm que fazer de cozinheiros e isso implica estar mais cedo na garagem do nº4.
    Vamos lá ver amanhã como será, teremos mais companhia!!! MontiVictor a ver vamos.
    Abraikes

    ResponderEliminar