Número total de visualizações de página

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Dominical de 18 Novembro - A Rota de Frielas

Clica na foto e terás o track anteriormente feito pelo nosso MontiNando

Não houve Sabadal devido à chuva mas no domingo dois Montis responderam ao apelo para um Dominical. Victor e Cadilha às 8:30 estavam no ponto de encontro para saborearem o sol primaveril e também para levarem com o ventinho, que não era pouco.
Foram 40km de pedalanço sempre a rolar, num passeio calmo e com muita cavaqueira. O trilho escolhido foi a planície, uma ída até Frielas, trilho já conhecido de quase todos os Montis. Este trilho ficou baptizado pelo nosso MontiVictor como “A Rota de Frielas”.
Um percurso mesmo à medida quando se quer um passeio calmo, breve, com muitto rolanço e por trilhos práticamente sempre planos.
Como nos dias anteriores a chuva abundou, nalgumas zonas a lama abundava como era de calcular e no trilho de Frielas tivemos de optar pelo alcatrão porque o trilho estava impróprio para o BTT, muito lamacento e grandes lençois de água.
Depois de 40km chegavamos à garagem do nº 4 por volta das 11:10h e com muita satisfação por mais um dia de BTT, pena é que os MontiRestantes estejam um pouco ausentes dos Sabadais.
Esperemos que para o próximo haja mais presenças. Hoje não à filme mas uma foto a marcar o dia nunca falta.
Abraikes 

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Os MontiBikers na 3ª Rota da Água-pé do Alvercabike

Clica na imagem e terás o track do passeio


Mais uma presença dos MontiBikers numa organização do Alvercabike, desta vez na 3ª Rota da Água-pé.
Os nossos amigos do Alvercabike proporcionaram-nos mais um excelente dia de BTT, com uma boa organização. Os abastecimentos foram de nível 5, tudo em quantidade e qualidade, onde os participantes tiveram bons momentos de confraternização. O almoço esteve igualmente ao nível que os nossos anfitriões nos têm habituado “5 Canecos”.
Quem diria que depois de uma noite de fortes chuvadas teríamos um dia de BTT espectacular. Total ausência de chuva, vento zero e uma temperatura invejável. O S. Martinho esteve bem presente neste grande dia.
Os Montis presentes, Victor, Nando, Paulo e Cadilha contaram com a presença do amigo João Sousa vindo de Azeitão a convite dos MontiBikers. Uma boa representação nesta 3ª Rota.
Os amigos BTTretas também marcaram presença com três elementos, capitaniados pelo seu presidente Pedro Pais sempre com a sua boa disposição e humor.
O percurso, diferente dos anos anteriores, esteve ao nível dos percursos que os Alvercabike já nos habituou, muitas e longas subidas e descidas a condizer. Para os menos bem preparados a organização tinha um percurso alternativo mais suave.
No 1º abastecimento, na loja Xtrilhos, Calhandriz, para além da degustação houve um sorteio de um equipamento, o mesmo viria a acontecer já no final do percurso na loja Alverbike, dois dos patrocionadores deste evento.
Nenhum MontiBiker foi contemplado, para o ano talvez a sorte esteja connosco.
Felizmente tudo correu bem, apenas um ou outro desvio do trilho momentâneo, alguns furos e nalguns pontos muita lama a obrigar por vezes a levar a bike pela mão.
No final as mangueiras trataram de repôr o ar de beleza às nossas bikes.
O almoço, porco no espeto, foi acompanhado com arroz, batata frita e salada. As bebidas ao gosto do freguês, água-pé, cerveja, sumo ou água. Para sobremesa a escolha era variada, salada de frutos e vários tipos de doçaria.
E agora vamos às imagens, primeiro as estáticas e depois virão as de movimento.
Fotos

Filme 1 - 1ª Parte de Alverca até à Calhandriz


Filme 2 - 2ª Parte de da Calhandriz a Alverca


quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Passeio de Hallowen



Passeio de Hallowen em Sintra
31-10-2012

Mais uma vez participei em um passeio nocturno organizado pelos nossos grandes amigos BTTRETAS.
Como já tinha participado no evento igual no ano anterior, fui novamente à aventura, embrenhar-me na maravilhosa Serra de Sintra. Como no ano passado, fomos novamente presenteados com uma noite espectacular para a prática do BTT.
Eu fui dos primeiros a chegar ao local de encontro, o resto da malta foi chegando aos poucos e preparando-se para iniciar o passeio.
Ainda emprestei uma lanterna de led ao Bispo, pois a que ele tinha não podia utilizar devido às pilhas estarem descarregadas, o que ele pensava o contrário. Também tinha no carro uma luz traseira de led, que emprestei a outro biker que tinha uma que não funcionava também. Começo a pensar, o que é que esta gente está a pensar, quando organiza as suas coisas antes de vir para um passeio nocturno?
Não saímos à hora prevista, pois estava em falta um grupo, mas o PedroTretas ao ver que já estava a ficar tarde resolveu iniciar o passeio sem ele. Como é de costume, começou logo com um senhor empeno, mas isso já é de esperar ou não estivéssemos em Sintra.
O passeio decorreu sem grandes incidentes, só algumas falhas de equilíbrio. Houve algumas partidas, como era de esperar, Bruxos que apareciam no meio dos arbustos.
As descidas foram impressionantes do ponto de vista nocturno  as valas existentes foram ultrapassadas algumas vezes com dificuldade, mas sempre com cautela e aviso dos que iam à frente para os que vinham atrás.
O aroma da flora existente, abre bem os nossos pulmões contaminados com a poluição do nosso dia-a-dia na cidade, por exemplo o cheiro do eucalipto refrescante.
Após duas horas e qualquer coisa de passeio chegámos ao local de encontro, onde alguns se despedirem e outros ainda foram repor energias gastas às roulottes do local. Eu, como já me conhecem, fui aviar-me com duas bifanas e uma cerveja média. Enquanto esperávamos pela comida fomos falando uns com os outros, sobre alguns passeios futuros.
Depois de já estar satisfeito e matada a fome, despedi-me dos presentes e agradeci pelo passeio desfrutado na companhia deste impecável pessoal.
Abraikes a todos, e espero ter para a próxima companhia de Montibikers, que de certeza não se vão arrepender.